MENU
tok2020

Autoridades admitem suicídio de funcionário por excesso de trabalho

A investigação apurou que o jovem funcionário no mês anterior à sua morte trabalhou mais de 190 horas extra

As autoridades laborais japonesas reconheceram que o suicídio, em março, de um funcionário das obras do novo estádio de Tóquio para os Jogos Olímpicos de 2020 foi motivado por excesso de trabalho, noticiaram esta quarta-feira.

A conclusão do Departamento de Inspeções Laborais de Shinjuku, em Tóquio, é conhecida menos de três meses depois de a família do trabalhador em causa, de 23 anos, ter denunciado o caso, afirmou o seu advogado, em conferência de imprensa, citado pelos meios de comunicação japoneses.

O advogado destacou a importância e a rapidez da decisão, tomada na sexta-feira, o que, a seu ver, reflete a consideração das autoridades pelo impacto social do caso, indicou emissora pública NHK…

 

Leia mais

 

Fonte: dn.pt

Autor:

Publicado em: 11 de outubro de 2017

Categoria: Notícias

Acessos: 48

Deixe uma resposta