MENU

Pontos Turísticos
Category

areias

Exposição no Parque Cientec apresenta areias do mundo, de Ilhabela ao Japão

Poucas sensações são tão inesquecíveis quanto colocar os pés na areia da praia. Essas partículas, que são o resultado da erosão das rochas ocorrida durante milhares de anos, possuem características próprias de cada região onde são encontradas. Foscas, brilhantes, redondas ou em formato de estrelas, as Areias do Mundo estão no Parque de Ciência e Tecnologia (Cientec) da USP até o dia 29 de julho, “para nunca mais ver areia com os mesmos olhos”, como diz a professora Christine Bourotte, do Instituto de Geociências (IGc) da USP, curadora da mostra.

A exposição conta com amostras de areias de diversos países, como Canadá, México, Egito, Marrocos e Japão. Há até areias do território da Antártida. Os exemplares brasileiros incluem as dos Lençóis Maranhenses e as do litoral paulista, que compõem uma maquete de norte a sul da costa do Estado.

Areias do Mundo é o resultado de um projeto com verba da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), coordenado por Christine, com a participação de alunos da graduação e pós-graduação, que coletaram areias de praias de São Paulo. Só no litoral do Estado, foram acumuladas mais de 150 amostras. Com a doação de institutos e pesquisadores de todas as partes do mundo, estima-se que o IGc tenha centenas de amostras de areia.

Areias ao redor do mundo

A areia é resultado de uma série de processos físicos e químicos, chamados de intemperismo, que desgastam as rochas até que elas se reduzam a partículas. Essas partículas são transportadas pelo vento, pela água ou por animais, até que são depositadas em regiões sedimentares, como praias, dunas, desertos, próximas de geleiras ou no fundo do oceano. Algumas areias também podem ser formadas por fragmentos de conchas, precipitações de carbonato de cálcio ou foraminíferos. Estes últimos são organismos microscópicos que se movem na correnteza do mar ou vivem em suas profundezas e, ao morrerem, têm a sua carapaça — chamada de testa — tomada por pedúnculos, isto é, por pequenas estruturas usadas para fixação, que dão um formato de estrela para a areia. Esse tipo de formação ocorre nas praias de Okinawa, no Japão, por exemplo…

 

Leia mais

 

Fonte: jornal.usp.br

Read More
hato

Conheça o gênero de game mais popular do Japão: simulador de namoro

24 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 14

No Japão, é possível encontrar alguns jogos realmente bem doidos. Uma febre no país é o simulador de namoro, em que os jogadores assumem o papel de um personagem e procuram o par perfeito para sua identidade no game. Alguns, contudo, extrapolam os limites da nossa imaginação e atingem

coral

Ilhas do Japão escondem soluções para sobrevivência dos corais

20 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 20

As soluções para lutar contra a morte dos corais, essenciais para a biodiversidade do planeta, mas ameaçados pelas mudanças climáticas, podem estar escondidas nas pequenas ilhas vulcânicas do Japão. Os pesquisadores da goleta científica Tara, que zarpou da França em maio de 2016 para

mascaracirur

O “vício” das máscaras cirúrgicas no Japão

19 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 21

A primavera chegou e, com ela, olhos lacrimejantes e narizes escorrendo devido ao kafunsho (polinose, febre do feno), enquanto o pólen se espalha pelo ar com rajadas de vento que vêm com a mudança das estações. Esse é o início do pico de vendas da temporada para máscaras cirúrgicas no

tokyodisney2

Tokyo Disneyland investe bilhões de ienes para grande renovação no parque

13 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 32

O trabalho de renovação em grande escala no parque Tokyo Disneyland, com previsão de conclusão para a primavera de 2020, teve início, enquanto sua operadora visa reverter uma recente queda no número de visitantes. No projeto de ¥75 bilhões, o maior investimento feito pela Oriental Land Co

mishima

Top 10 pontos turísticos mais recomendados de Shizuoka

12 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 31

Quado se fala de Shizuoka, a montanha registrada como patrimônio mundial, o Monte Fuji, é o ponto turístico mais famoso, entretanto, a província possui outros diversos pontos turísticos interessantes. A Equipe do Portal Mie irá apresentar 10 locais de Shizuoka que irão agradar a todos! 10

cassino2

Resorts integrados no Japão vão combinar cassinos com outras atrações turísticas

11 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 25

Os previstos resorts cassinos serão necessários para abrigar espaços, como salões de conferência e exibição, sob uma proposta do governo, tornando-os nos chamados resorts integrados que servem como instalações turísticas integrais. A assembleia do Japão abriu caminho para legislação

kyotojapan

Quioto: À descoberta do Japão autêntico

10 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 33

Visitar Quioto é uma experiência única. Bem menos cosmopolita que a capital Tóquio, é uma cidade cheia de cultura e tradição. Em muitas ruas encontram-se casas de madeira, tipicamente japonesas, com plantas nas varandas e interiores de tatami. Um passeio pelo bairro de Gion, uma zona antiga

carrosestac

Bem-vindo ao parque de estacionamento mais famoso do Japão

7 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 27

A cerca de 40 km da capital do Japão, Tóquio, encontra-se aquele que é muito provavelmente o parque de estacionamento mais famoso do país. Com o nome de Daikoku Futo, este parque junta os maiores amantes dos carros e no tuning, e perto de uma cidade com mais de 13,5 milhões de habitantes é

massagemmao

Conheça o método japonês de relaxamento que dá resultados em apenas 5 minutos

6 de abril de 2017 • Pontos Turísticos • Views: 41

Levante a mão que aí não é estressado. Se, infelizmente, você não faz parte deste seleto grupo de pessoas tranquilas e que relevam seus problemas com facilidade, acredite, você está precisando de um pouco de relaxamento. Não é mesmo? Como você já viu por aqui, estar estressado provoca