MENU

Cientistas registram vida selvagem prosperando na área de Fukushima

Quase uma década após o acidente nuclear em Fukushima, no Japão, pesquisadores americanos e japoneses descobriram que as populações de animais silvestres são abundantes em áreas sem vida humana. Segundo o estudo feito com câmeras, publicado na revista “Journal of Frontiers in Ecology and the Environment”, mais de 267 mil fotos da vida selvagem, obtidas em 106 locais diferentes durante 120 dias, registraram mais de 20 espécies. Entre eles estão javalis, lebre-japonesa, macacos, faisão, raposa e o cão-guaxinim (um parente da raposa) em diversas áreas da paisagem…

 

 

 

Saiba mais

Fonte: www.revistaplaneta.com.br

Deixe uma resposta