MENU

Em visita a Roraima, embaixador do Japão assina repasse de cerca de R$300 mil em equipamentos hospitalares

No último dia 13, o embaixador do Japão no Brasil Akira Yamada visitou o Estado de Roraima, se encontrou com o governador do Estado, Antônio Denarium e juntos assinaram um contrato de doação no valor de U$ 77. 410, o equivalente a R$ 297.218, para a aquisição de equipamentos médicos para o Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth. A solenidade aconteceu no Palácio Hélio Campos, sede do governo estadual.

O documento também foi assinado pela cônsul-Geral do Japão em Manaus, Hitomi Sekiguchi e o secretário de Saúde de Roraima, Ailton Wanderley,     que já iniciou os trâmites para iniciar a licitação para a compra dos materiais. A previsão é que eles sejam adquiridos e instalados ainda no primeiro semestre de 2019.

Segundo o governo, o dinheiro será usado na compra de 30 reanimadores, 20 laringoscópios, 30 bombas de seringa e 20 bombas de infusão. O Hospital Nossa Senhora de Nazareth é a única maternidade de referência no Estado de Roraima e há anos sofre com o descaso das gestões anteriores.

Também em sua passagem por Roraima, o embaixador pode conhecer um pouco sobre os trabalhos desenvolvidos pela Associação Nipobrasileira de Roraima (ANIR). Durante a noite, a instituição ofereceu um jantar aos convidados e alunos do Instituto Roraimense de Cultura Japonesa apresentaram uma dança típica japonesa.

Crise migratória – O embaixador Akira Yamada visitou alguns abrigos de imigrantes venezuelanos, mantidos pela Operação Acolhida, do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), tanto na capital Boa Vista quanto em Pacaraima, município que faz fronteira com a Venezuela.

O Japão reconhece Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela, por considerar que Nicolás Maduro tomou o poder por meio de manobras jurídicas. “Estamos fazendo a cooperação com países vizinhos como o Brasil e a Colômbia para ajudar o refugiados e também os estado que sofrem com o fluxo da imigração venezuelana”, disse o diplomata.

O Governo Japonês por meio da “Assistência a Projetos Comunitários e Segurança Humana (APC)” oferece um programa de assistência econômica para projetos de desenvolvimento concebidos para atender às diversas necessidades dos países em desenvolvimento. Este programa oferece apoio a projetos propostos por vários organismos, tais como organizações não- governamentais (ONGs) e autoridades locais.

Autor:

Publicado em: 19 de março de 2019

Categoria: Notícias da Comunidade, Sem categoria

Acessos: 111

Deixe uma resposta