MENU

FESTIVAL DE TANABATA RIO NIKKEI 2019

O Festival de Tanabata da Associação Nikkei do Rio de Janeiro aconteceu em 6 de julho de 2019, com entrada franca, na sede da Rua Cosme Velho, 1166. Pelo empenho de todos, o belo e caloroso festival foi inesquecível… Parabéns aos coordenadores Shirley Yurica Kanamori Atsumi e Heitor Hitoshi Sato, ao dedicado Fujinbu (diretora Noemi Katayama e senhoras), ao disposto e batalhador Grupo Jovem, aos diretores, conselheiros, colaboradores!! Kuniyuke Terabe, presidente em exercício, agradeceu ao público, em especial cônsul-geral do Japão Yoshitaka Hoshino e senhora Madoka Hoshino, cônsul-geral adjunto Ken Kendo, cônsul cultural Aki Endo, cônsul Masamichi Kato; diretor da Escola Japonesa do Rio de Janeiro, Kiyoto Hikichi e senhora Miho Hikichi, e professores. Entre inúmeras personalidades prestigiaram Rafael de Castro Barros, maestro da Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro, e amigos.

Ilustres Convidados

As apresentações do Rio Nikkei Taiko foram admiradas pela beleza dos números e elevado nº de participantes, méritos do coordenador Mário Kimio Matsumoto e professores Lígia Yoshiko Hatano, Yutaka Matsudaira e Yo Matsudaira.

Rio Nikkei Taiko

Tocando com alegria no coração

O desfile de kimono encantou com crianças e adultos trajando yukata ou kimono, sob explicações da diretora Shirley Atsumi e professora Yo Matsudaira, que vestiu todos.

Desfile de kimono

As lindas canções “Kikyuni Notte Dokomademo”, “Subaru”, “Ue o muite arukou”, “Tsubasa o Kudasai”, “Tanabata sama” foram entoadas pelo Coral Rio Nikkei regido pela professora e maestrina Jorgina Martins Pires. Pedro Félix apresentou Kenshibu (Dança da Espada) ao som do taiko por Mário Kimio Matsumoto. Pais de alunos do Taiko Rio Nikkei dançaram “Asadoya Yunta”, cantado e tocado com sanshin pela professora Yo Matsudaira. Daniel Guedes, instrutor do Sumo Rio de Janeiro praticado na Rio Nikkei, e dois sumotori san foram observados com grande interesse. Os premiados da atração numérica conduzida pelo Grupo Jovem ganharam cestas e almoços em restaurantes. Conselheiro Walter Atsushi Yoshida, apresentador do evento, fez leilão de bebidas doadas por instituições japonesas e colaboradores. O Bon Odori – conduzido por Lilian Eiko Sinohara, professora de Odori da Rio Nikkei – foi o fecho de ouro do festival com adesão de animada plateia.

Atração numérica, Kenshibu, Sumô, Bon Odori

Yakisoba, udon, karê, hot filadélfia, temaki, yakitori, takoyaki, guioza, tempurá de legumes, entre outras iguarias, foram elogiados. Como lembranças os participantes adquiriram produtos japoneses/Mamy, camisetas/Rio Nikkei Taiko, plantas/Vi Verde com Carmem Misumi, origamis/Bernardete Ferreira e Tatiana de Lima.

Iguarias japonesas e brasileiras

Os dizeres nos tanzaku em caligrafia japonesa foram escritos por professores da Escola Japonesa do Rio de Janeiro; conforme a lenda do Tanabata, desejamos que esses pedidos sejam atendidos pelas estrelas Vegas (Orihime, princesa Tecelã) e Altair (Kengyu, vaqueiro Hikoboshi)!!!

Eficácia e solidariedade

Soma de forças

Presenças queridas

 

Por Teruko Okagawa Monteiro (岡川・モンテイロ・照子), direto do Rio de Janeiro
Pertence à diretoria da Associação Nikkei do Rio de Janeiro, desde 1989
Diretora de divulgação do Rio Bikoo-Kai (artistas plásticos japoneses)
Criadora de documentos/monumentos, comemorativos, retratos

 

Deixe uma resposta