MENU
educbrjp

Participantes de audiência pública discutem soluções para educação de brasileiros no Japão

Os obstáculos que filhos de brasileiros que residem no Japão enfrentam para se adaptar ao sistema educacional foram debatidos em audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), nesta quarta-feira (14). Segundo os participantes da audiência, a barreira da língua é um dos motivos que dificultam a integração das crianças e jovens às escolas japonesas. O resultado se revela em baixo aprendizado, atraso de nível e mesmo evasão escolar, além de desajustes emocionais e também situações de delinquência juvenil.

Uma das soluções discutidas envolve a criação de programa after school, de apoio e acompanhamento escolar no contraturno da escola japonesa regular, em que os monitores seriam estudantes de universidades brasileiras dos cursos de Letras/Língua Japonesa. A ideia é que eles cumpram a atividade no fim do curso, em turno oposto ao de estágio em universidades japonesas, como bolsistas de programa que dependeria de acordo entre os governos dos dois países. Também se estuda meios para a capacitação de creches destinadas a pequenos brasileiros.

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF), que propôs a audiência, também dirigiu os trabalhos. Ele disse que tomou conhecimento da realidade escolar dos filhos de brasileiros durante viagem ao Japão. Observou que filhos de brasileiros que vão para Estados Unidos, América Latina e Europa imediatamente vão para as escolas, aprendem o idioma local e seguem os cursos sem dificuldades. Depois, lamentou o que se verifica no Japão, país com sistema educacional de alto padrão, mas com língua e cultura radicalmente diferentes…

 

Leia mais

 

Fonte: senado.leg.br

Autor:

Publicado em: 16 de junho de 2017

Categoria: Associações

Acessos: 42

Deixe uma resposta