MENU

Vision (2018): a fé, o otimismo e a humanidade

Ao chegar na floresta Nara, no Japão, a jornalista parte em busca de uma erva que, segundo os locais, dizem aflorar somente a cada mil anos. Dotada de extraordinário poder, ela pode curar qualquer angústia, qualquer doença. É como se Deus, como a própria Jeanne conferiu, permitisse que a humanidade se livrasse de seus tormentos passados, o que podem vir em traumas físicos ou psicológicos. Doenças, então, seriam o mote para que a planta curasse e permitisse que a humanidade viva de maneira plena, pelo menos uma vez por milênio…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Saiba mais

Fonte: cinemacomrapadura.com.br

Deixe uma resposta