MENU
JunkoNagasaki

Vítima de bomba atômica que vive no Brasil vem ao Japão pedir melhorias em auxílio de saúde

O governo de Nagasaki recebeu na última terça-feira a sobrevivente da bomba atômica, Junko Watanabe, de 75 anos, que vive atualmente em São Paulo e tinha 2 anos quando ocorreu o ataque.
Ela é diretora da Associação Hibakusha – Brasil pela Paz e fez uma visita exclusiva ao Japão para pedir que o governo faça melhorias no sistema de auxílio de saúde para as vítimas, que sobreviveram aos ataques em Hiroshima e em Nagasaki, no fim da 2ª Guerra Mundial.
Em sua visita, Watanabe passou pelo Departamento de Proteção às Vítimas da Bomba Atômica em Nagasaki e teve uma reunião com o prefeito da cidade de Nagasaki, Tomihisa Taue, para explicar as atuais dificuldades das mais de 80 vítimas que vivem no Brasil e fazem parte da Associação.
Watanabe explicou que a idade avançada e as limitações físicas e mentais, como o desenvolvimento de doenças como a demência, têm provocado dificuldades para as vítimas realizarem os procedimentos burocráticos necessários para receber o reembolso do auxílio de saúde…
Fonte: alternativa.co.jp

Autor:

Publicado em: 17 de maio de 2018

Categoria: Notícias

Acessos: 12

Deixe uma resposta