MENU

Barack Obama frente a frente com a História

“71 anos passaram desde aquele dia”. Antes de discursar, ele depositou uma coroa de flores em seu nome no Memorial da Paz, que lembra das milhões de vítimas da Segunda Guerra Mundial.

Este foi o ato de guerra mais mortífero alguma vez lançado pelos Estados Unidos. “Progresso tecnológico sem uma evolução equivalente nas instituições humanas pode nos condenar”, afirmou. Para sentirmos o medo que sentiram aquelas crianças, confusas com o que estavam a ver. “A memória da manhã do dia 6 de agosto de 1945 não deve nunca desaparecer”, acrescentou ele, ao se referir à data da tragédia.

Ele deve participar de uma cerimônia com vários sobreviventes da bomba atômica. “O tempo todo ele segurou a minha mão”, contou Sunao Tsuboi, de 91 anos. “O Presidente deu a entender que me ia abraçar e então abraçámo-nos”. Obama deslocou-se a Iwakuni antes da visita à cidade de Hiroshima, destruída pelo lançamento da primeira bomba atómica contra o Japão, no dia 6 de agosto de 1945…

 

Leia mais

 

Fonte: clicapiaui.com

Deixe um comentário