MENU

Coreia do Sul encerra acordo com Japão sobre “escravas sexuais”; Abe critica decisão

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse na quarta-feira que a Coreia do Sul está prejudicando os laços com o Japão ao encerrar um acordo destinado a indenizar mulheres sul-coreanas forçadas a trabalhar em bordéis militares japoneses durante a Segunda Guerra Mundial.
“Se as promessas internacionais forem quebradas, então manter laços entre os países se torna impossível e, como membros da comunidade internacional, pedimos que a Coreia do Sul aja com responsabilidade”, disse Abe a repórteres em sua residência em Tóquio.
Sob um acordo de 2015, o Japão pediu desculpas às “mulheres de conforto”, ou “escravas sexuais”. Tóquio forneceu um fundo de 1 bilhão de ienes (agora US$ 9,4 milhões) para ajudá-las…
Fonte: alternativa.co.jp

Deixe um comentário