MENU

Do terremoto ao sucesso: japonês perdeu tudo e hoje é sinônimo de recordes

Em 11 de março de 2011, Yuzuru Hanyu tinha 16 anos e treinava patinação artística em Sendai quando o terremoto que deixou mais de 15 mil vítimas fatais destruiu cidades no Japão. Ao ver o ginásio balançar e sentir o gelo sob seus pés tremer, Yuzuru correu: com os patins calçados, saiu em disparada em busca de abrigo. Nada aconteceu com ele, mas o cenário de devastação que se seguiu quase o tirou do esporte.

“Pensei seriamente em deixar a patinação”, admitiu o japonês, que ficou três dias com sua família em um abrigo de emergência. A casa dele foi uma das milhares de residências destruídas pelo terremoto e pelo tsunami decorrente do tremor. Yuzuru, no entanto, não desistiu do esporte.

Hoje, não há motivo para se arrepender: ele é sinônimo de vitórias e recordes na patinação artística no gelo. Campeão olímpico de inverno, campeão mundial, do Grand Prix Final, dos Mundiais de juniores…

 

Leia mais

 

Fonte: esporte.uol.com.br

Deixe um comentário