MENU

Estudo mostra que césio radioativo de Fukushima fluiu para a Baía de Tóquio por 5 anos

O césio radioativo da usina nuclear Fukushima No. 1 continuou a fluir para a Baía de Tóquio por cinco anos depois que o desastre se desenrolou em março de 2011, de acordo com um pesquisador.

Hideo Yamazaki, ex-professor de análise ambiental da Universidade de Kinki, liderou o estudo sobre materiais perigosos que foram expelidos pela usina nuclear depois que ela foi atingida pelo Grande Terremoto e tsunami do leste do Japão em 11 de março de 2011.

Cinco meses após o desastre ter causado o derretimento triplo na usina, Yamazaki detectou 20.100 becquerels de césio por metro quadrado em lama coletada na foz do rio Kyu-Edogawa, que deságua na Baía de Tóquio.

Em julho de 2016, a equipe do estudo detectou um máximo de 104.000 becquerels de césio por metro quadrado de lama coletada na mesma área da baía, disse Yamazaki.

Ele disse que o césio liberado nos estágios iniciais do desastre de Fukushima permaneceu no solo do rio, como na província de Chiba. As substâncias radioativas acabaram sendo levadas para o rio e levadas para a baía de Tóquio, onde se acumularam na lama, disse ele…

 

Leia mais

 

Fonte: ipc.digital

Deixe um comentário