MENU

Governo começa a elaborar planos de contingência caso o Monte Fuji entre em erupção

Um comitê do governo iniciou discussões esta semana sobre como abordar as repercussões na área metropolitana de Tóquio no caso do Monte Fuji entra em erupção, com a queda de cinzas vulcânicas que provavelmente provocará um caos na capital.

Mt. Fuji, o pico mais alto do Japão, a 3.776 metros de altitude e a cerca de 100 quilômetros do centro de Tóquio, é um vulcão ativo com uma história de uma série de grandes erupções.

O Conselho Central de Gerenciamento de Desastres avaliará a velocidade e a distância no qual as cinzas vulcânicas cairão, e sua influência na infraestrutura de transporte e no fornecimento de eletricidade e água, no caso de uma erupção no Monte Fuji, um dos destinos turísticos mais populares do Japão.

O grupo de 14 membros do conselho, liderado por Toshitsugu Fujii, professor emérito da Universidade de Tóquio, pretende elaborar uma proposta dentro de um ano que provavelmente será refletida nos planos de gestão de desastres dos municípios locais.

O grupo assumirá numerosos cenários, refletindo o volume de cinzas vulcânicas, direção do vento e duração da erupção, usando referência da erupção anterior do Monte Fuji em 1707…

 

Leia mais

 

Fonte: ipc.digital

Deixe um comentário