MENU

Governo poderia deixar de aceitar trabalhadores estrangeiros para não prejudicar japoneses, diz ministro

O Japão poderia deixar de aceitar trabalhadores estrangeiros sob um plano proposto pelo governo se uma recessão econômica ou outros fatores trouxessem um fim previsível à escassez de mão de obra, disse o ministro da Justiça, Takashi Yamashita, na segunda-feira (5).
“Nós deixaríamos de aceitá-los para não afetar o emprego de cidadãos japoneses”, disse Yamashita durante uma reunião do Comitê de Orçamento do Parlamento.
Os comentários do ministro, no entanto, provocaram reação dos legisladores de oposição. Eles argumentaram que mesmo que a aceitação dos trabalhadores estrangeiros fosse interrompida, aqueles que já haviam entrado no Japão não poderiam ser subitamente expulsos do país.
Sob a proposta de revisão da lei de controle de imigração, os ministros encarregados de supervisionar os setores em que trabalhadores estrangeiros serão aceitos poderiam pedir ao Ministro da Justiça que pare temporariamente de emitir vistos de residência de trabalhadores estrangeiros depois que as necessidades de mão de obra forem atendidas nesses campos. O ministro da Justiça poderia então implementar uma suspensão da certificação…
Fonte: alternativa.co.jp

Deixe um comentário