MENU

Japão caçou 50 baleias em área protegida da Antártida, denuncia entidade

O Japão caçou mais de 50 baleias-anãs este ano na área marinha protegida do Mar de Ross, na Antártida, segundo denúncia feita na terça-feira (4), em Sydney, pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF, sigla em inglês), que exigiu uma solução para a questão.
“Supõe-se que o Mar de Ross tem uma proteção especial contra as atividades humanas para proteger a vida selvagem na Antártida. Aqueles que comemoraram a criação deste santuário oceânico ficaram horrorizados pelo massacre de baleias”, disse Chris Johnson, do programa antártico da WWF, através de um comunicado.
A denúncia das caças no Mar de Ross, uma das maiores áreas protegidas do mundo com cerca de 1,55 milhão de km² criados em 2006, será apresentada nesta quarta-feira na abertura da reunião da Comissão Internacional da Baleia (CIB), em Florianópolis, no Brasil, de acordo com o WWF.
No encontro, o Japão planeja solicitar a retomada da caça comercial de certas espécies, entre elas a baleia-anã, que é estimada como relativamente abundante…
Fonte: alternativa.co.jp

Deixe um comentário