MENU

Japão detecta 17 casos de câncer por uso de produto nocivo em fábricas

Pelo menos 17 trabalhadores e ex-funcionários de sete fábricas em todo o Japão que produziam um produto químico cancerígeno, chamado Moca, tiveram câncer de bexiga, segundo uma pesquisa do Ministério da Saúde divulgada pelo jornal Mainichi nesta quinta-feira (25).
O produto é usado na fabricação de materiais de impermeabilização de uretano e outros itens. O governo está considerando informar os funcionários nas fábricas sobre o sistema de indenização dos trabalhadores.
O Moca foi designado como cancerígeno para humanos em 2010 pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer da Organização Mundial da Saúde. Mais de 3.700 trabalhadores no Japão tiveram a experiência de trabalhar com o produto químico, de acordo com o ministério.
A pesquisa, conduzida através das agências de trabalho locais, começou depois que cinco casos de câncer de bexiga foram relatados em 2016 entre os funcionários envolvidos na produção do produto químico em uma fábrica da Ihara Chemical Industry – agora ligada à Kumiai Chemical Industry – na cidade de Fuji (Shizuoka)…
Fonte: alternativa.co.jp

Deixe um comentário