MENU

Japão: jovem deixa de ser engraxate de rua e abre seu café engraxataria

Dono de um café engraxataria em Nagoia (Aichi), perto da estação central, o jovem reuniu economias engraxando sapatos na rua. Sim, como engraxate quase que voluntário. A placa dizia “a partir de ¥1, aceito o pagamento pela sua boa vontade”. Rodou várias estações da cidade, com frio ou calor, enquanto estudante universitário. Também viajou boa parte do Japão, iniciando com 2.014 ienes na carteira e uma passagem 18 kippu. Conseguiu um histórico de mais de 5 mil pares de sapatos engraxados.

Gaku Sato, 22 tem verdadeira paixão em dar brilho nos calçados. Essa história começa quando jogava beisebol no ginásio. “Chegava em casa e me dava muito prazer remover o barro, a sujeira e deixar o spike brilhando”, conta. A paixão pelas escovas, latas de graxa e panos foi aumentando ao ponto de se tornar arubaito de loja de calçados para aprender sobre o universo desse item que ninguém fica sem.

Do spike ao sapato, Gaku, como é conhecido, abriu GakuPlus, em dezembro do ano passado, contando com um valor que obteve através do crowdfunding. O cliente chega e pede para engraxar os calçados, servindo-se de um café ou chá enquanto espera. Em 15 a 20 minutos ele vê a transformação nos seus pés…

 

Leia mais

 

Fonte: ipc.digital

Deixe um comentário