MENU

Japão teve 474 casos de bullying com suicídio em 2017; governo analisa prevenção

Para reduzir os casos graves de bullying, que envolvem suicídio, o Ministério da Educação do Japão (MEXT, em inglês), divulgou que irá recolher e analisar cópias dos relatórios sobre cada caso, emitidos por comitês investigativos montados após a ocorrência de um suicídio no âmbito escolar.
Os relatórios servirão de base para que o Ministério possa discutir planos preventivos com especialistas, informou uma reportagem da emissora NHK.
Para que fosse possível descobrir os casos de bullying antes do agravamento, o Ministério passou a solicitar que as escolas relatassem qualquer caso de confronto entre estudantes, mesmo que parecesse “bobo” ou sem importância.
O resultado disso foi um crescimento repentino nos casos anuais. No último ano, as escolas em todo o país reportaram 410 mil ocorrências, o número mais alto de todos os registros…
Fonte: alternativa.co.jp

Deixe um comentário