MENU

Mais de 60% dos hospitais no Japão exigem fiador em caso de internação

Um levantamento do Ministério da Saúde divulgado na quinta-feira (7) mostrou que dois terços dos hospitais no Japão exigem fiador em caso de internação, informou a emissora NHK.
O governo enviou um comunicado às administrações públicas locais e aos hospitais dizendo que essa prática é ilegal e que nenhuma instituição médica pode recusar a internação de um paciente (japonês ou estrangeiro) que não tenha fiador.
O levantamento ouviu 1.400 hospitais e clínicas e 65% deles disseram que pedem um fiador, apesar de não haver uma exigência para efetuar a internação do paciente, desde que se faça uma negociação. Se for considerar somente os hospitais maiores, com mais de 20 leitos, esse número sobe para 93%.
Entre os hospitais que pedem fiador, 8% responderam que recusam definitivamente a internação do paciente se ele não apresentar uma pessoa responsável…
Fonte: alternativa.co.jp

 

Deixe um comentário