MENU

Premiê do Japão deve pedir às empresas aumento salarial de 3% nas negociações de 2022

O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, deve instar o setor empresarial a aumentar os salários em cerca de 3% nas negociações trabalhistas do próximo ano com os sindicatos, informou a agência de notícias Kyodo nesta sexta-feira (26).

O pedido, que abrange tanto funcionários efetivos quanto não efetivos, será parte da iniciativa de Kishida para distribuir mais riqueza para as famílias e ajudar a aliviar a dor dos consumidores devido ao aumento dos custos do petróleo e dos alimentos…

 

 

 

Continua…

Fonte: www.alternativa.co.jp

Deixe uma resposta