MENU

Projeto internacional de fusão nuclear Iter inicia nova fase

Este projeto foi iniciado por um tratado de 2006 e envolve 35 países – toda União Europeia (mais o Reino Unido), Suíça, Rússia, China, Índia, Japão, Coreia do Sul e Estados Unidos. Uma alternativa ideal aos combustíveis fósseis, como petróleo, gás, ou carvão, que emitem CO2, a fusão de hidrogênio também pode substituir a energia nuclear. A fissão atômica (que consiste em dividir um átomo de urânio, produzindo criptônio, bário e um excedente de energia) gera resíduos radioativos que persistem dezenas de milhares de anos…

 

 

 

 

Continua…

Fonte: correio.rac.com.br

Deixe uma resposta