MENU

Sem aviões da Mitsubishi, JAL quer jatos Embraer E2 ou Airbus A220

Uma renovação de frota está no radar de uma das empresas aéreas de bandeira do Japão, num movimento que abre novas oportunidades para a Embraer. Atualmente, a subsidiária regional da JAL, a J-AIR, opera com 32 jatos regionais brasileiros, dos modelos Embraer E170 e E190 de primeira geração, levando de 76 até 95 passageiros respectivamente. Os planos inicias eram substituir esses equipamentos por japoneses, feitos pela Mitsubishi Aerospace, do mesmo grupo da fabricante de carros off-road, que inclusive fabrica caças desde a Segunda Guerra

 

 

 

 

Continua…

 

Fonte: aeroin.net

Deixe uma resposta