MENU

Senado aprova nomeação de novo embaixador brasileiro para o Japão

Foi aprovada no Senado nesta quarta-feira (6) a indicação do diplomata Eduardo Paes Saboia para exercer o cargo de embaixador do Brasil no Japão. A nomeação (MSF 32/2018) recebeu 41 votos favoráveis, 8 contrários e uma abstenção.
Eduardo Paes Saboia é carioca, graduado em Direito pela Universidade de Brasília (UnB). Ingressou na carreira diplomática em 1989. Entre as funções desempenhadas destacam-se a de assessor do gabinete do ministro de Relações Exteriores (2003/2007), assessor diplomático da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado (2015/2017) e, desde 2017, é chefe de gabinete do ministro de Relações Exteriores.
Em 2013, Saboia ajudou o senador boliviano Roger Pinto Molina a fugir da Bolívia para o Brasil. À época, ele substituía o embaixador Marcelo Biato, que estava de férias. Molina era acusado de diversos crimes na Bolívia e alegava ser perseguido politicamente pelo governo de Evo Morales. Com asilo político do governo brasileiro, ele foi trazido para o Brasil em um carro oficial da embaixada até Corumbá, em Mato Grosso do Sul, sem autorização.
O incidente foi lembrado pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que criticou a ação de Saboia. Ela afirmou que, à época, ele justificou o ato dizendo que havia risco à vida do senador boliviano, mas isso nunca havia sido assunto de uma referência ou comunicado oficial por parte do diplomata…
Fonte: alternativa.co.jp

Deixe um comentário