MENU

Toyota vê mais de um caminho à frente

No Brasil há opção de usar etanol para gerar hidrogênio a bordo e, por meio de um reformador, obter energia para o motor elétrico. “Este é um caminho que o País também pode seguir. Importante separar as questões técnicas e de marketing. Não basta estabelecer prazos ou datas em assuntos complexos”, defende Inoue.

O executivo confirmou o plano de usar o Brasil como base exportadora. “Toyota vende 400.000 veículos na América Latina, metade produzida no Brasil. A outra metade vem do Japão com frete médio de US$ 1.500 por unidade. Então está aí uma oportunidade para a fábrica de Sorocaba (SP) fornecer para a nossa região”…

 

 

 

 

Continua…

Fonte: www.jornalcruzeiro.com.br

Deixe uma resposta