MENU

Urnas abandonadas com restos mortais se acumulam no Japão em meio ao alto custo funerário

Urnas abandonadas contendo cinzas de pessoas cremadas estão se acumulando aos milhares em todo o Japão, criando dores de cabeça no armazenamento e refletindo o desgaste dos laços familiares e as pressões econômicas em um país que está envelhecendo rapidamente.
As identidades dos mortos, cremados com verba pública, são geralmente conhecidas. Mas, na maioria dos casos, os parentes se recusam ou não respondem a solicitações de coleta de seus restos mortais. Os enterros podem ser caros e demorados, um fardo para os membros da família que mal conhecem o parente falecido.
“Quando eu morrer, embora tenha apenas 150.000 ienes, você vai me cremar e me colocar no túmulo de um pobre? Não tenho ninguém para recolher meus restos mortais”, disse uma nota deixada por um homem de 70 anos em Yokosuka (Kanagawa), que morreu em 2015 e cuja urna foi posteriormente enterrada em um templo local…
Fonte: alternativa.co.jp

Deixe um comentário